90 minutos para o êxtase

A Portuguesa está a 90 minutos de dar o primeiro passo em sua longa jornada para o retorno ao futebol brasileiro.

O título da Copa Paulista ficou mais próximo após a vitória fora de casa, contra o Marília no último domingo.

Só por estar na decisão da competição, a Lusa já assegurou uma vaga em competições nacionais no próximo ano.

No entanto, somente o título lhe confere o direito de escolher entre a Série D do Brasileiro ou a vaga na Copa do Brasil.

A equipe estava ausente de torneios nacionais há três anos, tendo nesse período disputado somente competições no âmbito estadual.

Para um clube que busca retornar ao cenário principal da CBF, somente com a conquista desse modesto campeonato é que a sua participação na quarta divisão nacional estará garantida.

E o primeiro passo foi dado ontem no estádio Bento de Abreu.

Crédito: Dorival Rosa/Portuguesa

A Portuguesa parece ter reencontrado o caminho das vitórias e do bom futebol graças ao seu comandante, Fernando Marchiori.

Mesmo de longe, no isolamento imposto pelo covid-19, o treinador da Lusa segue conduzindo seus atletas para o maior objetivo da temporada.

Os jogadores se mostram comprometidos com a causa, e buscam honrar toda a história e tradição do centenário clube paulistano.

Aos sofridos torcedores, o título da modesta Copa Paulista, seria motivo de orgulho e festa, afinal, tantos foram os anos de vexames, eliminações e trabalhos catastróficos das direções que passaram pelo Canindé.

Faltam 90 minutos para o primeiro e mais importante passo do clube em anos.

Mesmo longe das arquibancadas, a festa, o apoio e a torcida dos lusitanos estará presente, nessa que pode ser sua mais comemorada conquista.

 

Portuguesa e seu precoce fim da linha

A tão sonhada volta para a elite do futebol paulista foi adiada uma vez mais.

A tentativa de acesso da Portuguesa para a série A1 do Paulistão parou no tradicional XV de Piracicaba.

Sim, foi um balde de água fria.

As expectativas com o clube no ano de seu centenário eram enormes. Além disso, a atual gestão vinha se mostrando bastante atuante, animando o torcedor que há muito já não tinha motivos para se alegrar com o clube.

Crédito: Ronaldo Barreto/NETLUSA

A busca pelo retorno à elite do futebol paulista será retomada no próximo ano.

Enquanto isso, jogadores e comissão técnica devem juntar os cacos após a fraca atuação no duelo de ontem (14) no estádio do Canindé e buscar ter foco total na Copa Paulista.

Essa competição sem quase nenhum apelo é a única chance da Lusa retornar à disputa de competições nacionais, seja recomeçando na Série D ou tentar a sorte na Copa do Brasil.

O ressurgimento do clube ainda depende dos mesmos ingredientes dos último anos: Conquistar acessos.

A torcida, ainda machucada pela eliminação na A2, uma vez mais estará próxima do clube, mostrando que mesmo com dolorosa e inesperada queda no estadual, ainda dará todo o seu apoio para que o técnico Fernando Marchiori e seus jogadores coloquem a Portuguesa de volta no radar nacional.

Crédito: Dorival Rosa/Portuguesa