O adeus a outro gigante

O tempo é implacável! Mais um gigante deixa de viver entre nós.

Sim, minhas referências musicais estão partindo desse mundo, deixando para nós apenas o seu legado.

É estranho. Meu gosto musical é fundamentado em sons de bandas antigas, das quais muitos artistas já faleceram.

Alguns se foram de forma precoce, partindo ainda jovens, enquanto outros se despedem após décadas contribuindo e alimentando nossos ouvidos.

No entanto, mesmo tendo em mente de que a idade e os problemas de saúde chegam a todos, sempre é triste se deparar com a notícia de que aquele que ajudou a criar sua identidade musical não poderá fazê-lo mais.

Ontem foi a vez de Eddie Van Halen partir para junto aos outros gênios do rock.

Sua contribuição para o gênero e para a música foram imensos e o seu nome já há muito tempo está gravado no hall dos deuses do rock.

Com o tapping, sua marca registrada, Van Halen se tornou um dos principais nomes por popularizar essa técnica.

Sua partida provavelmente colocará fim a mais uma banda que por tantas vezes ouvi e que resistiu ao passar dos anos e a tantas brigas e disputas.

O tempo está levando embora aqueles que me moldaram e me ajudaram a criar minha identidade musical.

É triste quando uma voz se cala, uma guitarra se despluga e uma bateria não percute.

A música e o universo do rock já sentem sua falta, e a melhor forma de te homenagear é ouvindo suas obras num alto e bom som!