Carreira x Bolso

Com o avanço das rodadas, o Campeonato Brasileiro vai confirmando o que já era suspeito: Está imprevisível…

Uma das equipes apontadas como grande favorita, o Palmeiras, vai decepcionando os seus torcedores e os especialistas de plantão.

O atual campeão, depois de investir, mais uma vez, um caminhão de dinheiro em contratações, bancado por sua patrocinadora, segue sem apresentar um futebol de qualidade, colecionando resultados negativos, permanecendo na parte de baixo da tabela.

Essas contratações, feitas aos montes, que não seguiram uma lógica, acabam por gerar mais problemas do que soluções, visto que vários dos jogadores contratados sequer têm espaço na equipe, tendo eles ficado de fora das partidas e da vista dos torcedores, perdendo ritmo de jogo, experiência profissional e a atenção da mídia e do mercado.

Jogadores com potencial, como os jovens Hyoran, Rafael Veiga, Erik, dentre outros foram contratados imaginando-se que seriam escalados e que teriam a chance de ter o mesmo destaque do tempo de suas antigas equipes, porém, ao optarem por escolher o clube paulista, vieram a cometer uma espécie de “suicídio profissional”, sendo preteridos por jogadores mais experientes e, em alguns casos, de posição diversa da deles.

Ao priorizar o lado financeiro, esses jogadores acabam sacrificando o lado do crescimento na carreira, se desvalorizando no mercado, acabando por cair no esquecimento da mídia e da própria torcida.

Hoje, em um futebol com altíssimos salários, optar pelo lado financeiro pode ser uma decisão respeitável, porém, para quem gosta de jogar e viver o futebol, em alguns momentos é preferível superar essa tentação das grandes equipes e aceitar continuar ganhando um pouco menos, mas atuando com regularidade em uma equipe menor,  continuando em evidência, pois certamente a chance de ser o destaque de alguma grande equipe virá futuramente, visto que teria uma maior maturidade e experiência dentro de campo.

Para o Palmeiras, isso pouco importa, pois mais jogadores chegarão nos próximos dias, e com isso, a chance dos que lá já estão, de ganhar uma oportunidade de mostrar seu valor em campo será menor a cada nova contratação.

Aos que assim não pensam, que sejam felizes com todo o dinheiro que podem ganhar, pois para esses, o futebol não é sua vida, é apenas um negócio.

Um comentário sobre “Carreira x Bolso

  1. perfeita analise, e é a mais pura verdade…. mas vale lembrar que estas jovens promessas tbm sao “obrigadas” a irem para estes novos desafios por conta de empresarios ganaciosos. muitos destes jovens nao tem vida propria

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s